Tuesday, March 4, 2014

Como usar o Assimil

O Assimil é um dos métodos mais utilizados e mencionados em fóruns e comunidades virtuais pelos aprendentes de línguas estrangeiras. É geralmente composto de 100 lições e duas fases: a ativa (da lição 1 à 49) e a passiva (da lição 50 à 100).  O poliglota (ou multilíngue, como preferir) Luca Lampariello, que fala fluentemente doze línguas estrangeiras e criador de uma técnica de aprendizagem própria chamada de Full Circle Method (pretendo postar sobre tal técnica futuramente), utiliza o Assimil sempre que vai começar a aprender uma língua estrangeira. Recentemente, venho utilizando o volume O Novo Alemão sem Esforço e tenho notado melhoras significativas na minha aquisição desse idioma.


Contudo, pelo que andei percebendo, tanto as edições brasileiras quanto as estrangeiras carecem de instruções da própria Assimil sobre como proceder com o material. Graças a um post do blogueiro Josh, do Language Geek, pude encontrar tais instruções, fornecidas na versão em inglês do Assimil Dutch With Ease.

Por ser um método diário, recomenda-se que você faça uma lição por dia e empregue, pelo menos, de 10 a 15 minutos em cada uma.
Elaborei a tradução supondo que um brasileiro ou qualquer outro lusófono queira utilizar o Assimil - O Novo Inglês Sem Esforço.
Eis as instruções:

1. Ouça a gravação com o livro fechado. Não se preocupe se não entender o que está sendo dito. Você vai obter uma ideia geral dos sons do idioma ao ouvir a pronúncia e não será influenciado pela escrita.

2. Ouça a gravação pela segunda vez, desta vez acompanhando a tradução em português.

3. Leia o texto em inglês em voz alta (use a transcrição fonética se necessário). Certifique-se de que você entende o significado de cada frase. Compare com a tradução em português quando necessário.

4. Leia o texto em inglês novamente em voz alta, mas desta vez sem olhar a tradução.

5. Ouça a gravação duas vezes. Na primeira, acompanhe lendo a tradução em português e, na segunda, lendo o texto em inglês.

6. Feche o livro e ouça a gravação novamente. Desta vez, você deve ser capaz de entender o que está sendo dito.

7. Ouça a gravação mais uma vez. Pause após cada frase e repita-as em voz alta.

8. Leia as observações atentamente. Compreenda as explicações das frases em inglês.

9. Leia e faça os exercícios. Repita várias vezes cada uma das frases. Os exercícios reforçam conteúdos da lição atual e revisam os da lições anteriores. Se você tiver se esquecido de algum vocábulo, consulte a tradução em português.

10. Observe bem os exemplos e suas estruturas frasais. Eles demonstram como palavras e frases se combinam em inglês, já que podem mudar significativamente na língua portuguesa.



Os passos acima tratam da fase passiva (as primeiras 50 lições). A partir da 51ª lição já se inicia a fase ativa do método, na qual você continua a seguir os passos acima, mas, ao término da lição em questão, você volta para a 1ª lição para traduzi-la do português para a língua alvo tanto oralmente quanto por escrito, e assim por diante, ou seja, no dia seguinte você faz 52ª lição, retorna para a 2ª lição e a traduz. Esse princípio se chama repetição espaçada (Spaced Repetition), o qual faz com que você recupere informações que estejam prestes a serem esquecidas (apps como Anki e o método Pimsleur também fazem uso dessa tecnologia).

Na terminologia acadêmica diferencia-se os termos 'frase' e 'oração'. Aqui, intencionalmente optei por não os diferenciar devido ao cunho não academicista deste blog.

Adapted and translated from: http://languagegeek.net/2010/05/12/how-to-use-an-assimil-course/

6 comments:

  1. Meu livro Assimil chegou hoje e eu vou começar hoje ainda. Obrigada pelas informações, vou tentar seguir esses passos.

    ReplyDelete
  2. Obrigada por compartilhar! Depois conte-nos sim sobre o método que o Luca Lampariello utiliza! E sobre o método do Benny Lewis também!

    ReplyDelete